05/03/17

Eu pensava que ele era o amor ....

   Desde sexta-feira que ganhei coragem e afastei-me de vez daquele rapaz, não lhe respondi mais a sms nenhuma e na faculdade só vou falar o necessário e se for preciso com ele, estou farta de ser magoada, cheguei a pensar que quem errava era sempre eu, que os defeitos eram só meus, mas não, ele quer que eu pense assim, mas o culpado de tudo, é só uma pessoa : ele.
Não sei como fui capaz de gostar de uma pessoa como ele : que dizia que me visto como uma miúda de 18 anos, que faço tudo o que os papás querem, que a voz do meu primo é irritante, que não sei lutar pelo que quero, que devia ser diferente, que sou chata.
Disse-me que não sei ser sensual, que todas as pessoas do mundo devem ter necessidades ( sexo) menos eu e que ia morrer virgem e ficar para tia.
  Cheguei a sentir-me feia, e o meu maior medo era ficar sozinha e que nunca ninguém ia gostar de mim, sem ser, ele.
Mas ganhei coragem e afastei-me, estava a tornar-me numa pessoa diferente, a desiludir aqueles que me amam verdadeiramente e que fazem tudo por mim, por uma pessoa que estava a deitar-me abaixo e que dizia que me amava quando nunca o sentiu.
    Aprendi muito com isto tudo, neste momento quero paz, preciso de ganhar forças, esquecer cada palavra, cada gesto, cada sorriso, cada saída com ele, preciso de esquecer tudo e voltar a ser quem eu era, antes de o conhecer.
Não vou desistir do curso, vou enfrenta-lo todos os dias com um sorriso no rosto, ele não merece ver-me em baixo.
   Sinceramente eu pensava que ele era o amor da minha vida, nunca tinha gostado de uma pessoa assim e agora tenho nojo de alguma vez ter-me aproximado dele e da nossa suposta relação, que ele não queria que ninguém soubesse.
Hoje sei, que quem ama cuida, quem ama orgulha-se de mostrar e não ocultar.
      Obrigada por me teres ensinado o que não é amar uma pessoa.
Muito obrigada, pois graças a ti sei quem são os verdadeiros que estão sempre lá quando preciso.
   Querias que me sentisse feia, mas agora sinto-me bonita e com um grande alívio dentro de mim, por me ter afastado de ti.
Eu vou ser feliz e um dia vou encontrar um verdadeiro principe e não um sapo feio como tu.



P.S : Eu sei que ele não vai ler isto, mas eu precisava de escrever, para encerrar este capítulo da minha vida.

8 comentários:

  1. Por mais difícil que seja, nunca duvides do teu valor! Nem deixes que as pessoas te diminuam. Quem gosta de ti, gosta de ti por aquilo que tu és e não te tenta mudar. Força!

    ResponderEliminar
  2. aleluia rapariga! estava a ver que não!

    eu percebo-te...percebo que é às vezes esquecer das pessoas que nos querem bem e que nos dão valor e focar-nos só nas pessoas que não querem saber de nós e que nos tratam mal.
    Mas como disse, tudo passa e aquilo que não é para ser nosso (ou aquilo que não é digno de ser nosso), um dia acaba por ir!!

    ResponderEliminar
  3. O importante é que agora avances sem olhar para trás! Coisas melhores virão :)

    ResponderEliminar
  4. Fazes muito bem, querida! Como costumo dizer: beijo na bunda! Uma pessoa assim só traz energias negativas! Afasta-te disso!

    Um beijinho dourado,
    O Biquíni Dourado
    Facebook
    Instagram

    ResponderEliminar
  5. Credo que pessoa mais parva :o fizeste muito bem em mandá-lo dar uma volta, nunca deixes que ninguém te desanime, quem não gostar de ti por aquilo que és, quem perde são os outros. Afasta-te dessas energias negativas e vive em grande sempre para a frente :)

    ResponderEliminar
  6. Ao ler aquilo que ele te dizia senti nojo. Isso não é gostar... decisão acertada apesar de ter noção que seja doloroso.
    Força! Beijinho :)

    ResponderEliminar
  7. Obrigado :D Agora já começa a apetecer :D

    Que texto lindo. Espero bem que ele leia!

    NEW BRANDING POST | EVENT: Ecco Shoes Openning Day .
    InstagramFacebook Oficial PageMiguel Gouveia / Blog Pieces Of Me :D

    ResponderEliminar
  8. Não deve ter sido nada fácil mas acho que estás a encarar o assunto de forma muito positiva. Fizeste bem em retirar lições positivas no meio de toda essa maldade.

    ResponderEliminar